Mulheres, Por Amparo Carvalho.

Somos mulheres…
Vítimas
De tradições
De crenças
De pessoas alienadas
De preconceitos enraizados

Somos mulheres…
Algumas feridas
Outras mortas
Por serem guerreiras
Esse é o delito

Somos mulheres…
Às vezes violentadas
Algumas angustiadas
Todas lindas e oblíquas
… Mas mortas
E nesse entremeio mortal
Não se pensa
Discriminam as vítimas
Vítimas de um sistema irreal

Somos mulheres…
Calamos gemidos
Para resistir
Em corpos corrompidos
Cobertos de “ais”
E sem resiliência para sobreviver.

Designed by Freepik