A poética de Rita Lopes Mesquita

 

Minha mãezinha querida
Por que foste cedo assim?
Partiu deixando saudade
Levando um pouco de mim.

 
Meu coração emudeceu
Minha vida se transformou
Até hoje não entendo
Porque você me deixou!

 
Lembro de tudo mãezinha
Que você me ensinava
Lembro das noites chuvosas
Quando me acalentava.

 
Quanto tempo já passou
Não consigo lhe esquecer
Lembranças só apagarão
No dia que eu morrer!

Rita Lopes Mesquita (Escritora)

Designed by Freepik