Tô Aqui, de Wermeson Costa de Araújo

Tô aqui…

Eu. Com sonhos incontáveis!

Uma bermuda desbotada,

Uma moeda no bolso,

E o cabelo bagunçado.

Tô aqui…

Eu. Olhando pro céu!

Subindo naquela árvore velha que me deu cicatrizes.

E lá de cima vi o menininho desengonçado passando.

Ele era simples e feliz, buscava o infinito e sorria na cara do impossível.

Tô aqui…

Eu. GRITANDOOOO!

Aquele sou eu, não!?

Sabia que era eu! Mudei…

Gritei pro garotinho dentro de mim: -Volta aqui! Não podemos nos perder mais!

Tô aqui…

Foi então que acordei…

No meio da noite…

Completo…

Eu… Comigo mesmo… Inteiro!

Wermeson Costa de Araújo

Designed by Freepik