Vazio Silencioso, Por Ana Beatriz.

E quando sinto a tua falta que me dá,
preencho as horas com o cheiro
e o afeto:
o laço singelo,
a certeza que é você,
a tua existência que transborda e inunda os meus dias
e o meu vazio silencioso que também se faz carne,
melancolia perpétua sobre a página.
Dor e sofrimento antes se faziam…
Hoje, animado me tomas o corpo
e então tudo transcorre dentro de um nó,
esse que (não) finda o meu amor.

Designed by Freepik